Dúvidas

Sempre que se vai iniciar algo, somos tomados por dúvidas. Ora, se elas tiverem a natureza de te inpulsionar para buscar soluções, ótimo! Mas podem ser aquelas paralisadoras, que acabam fazendo com que nos venha a quase certeza de que não iremos prosseguir. Quando isso se avoluma demais, a vida fica meio desajeitada, caída para um lado, uma sombra que parece que engorda dia-a-dia, e não sabemos exatamente o que pode vir daí para frente. Um belo dia, no entanto, você resolve que já tem muita coisa acumulada, e aí vem o pedido de socorro. Normalmente as respostas que você recebe são baseadas no senso-comum, naqueles conselhos que você conscientemente já sabe que viriam. O resultado é que tanto apenas faz aumentar um indefinível sentimento de culpa. Porque você já tem um, maior ou menor, que deriva justamente da sua consciência de que ficou por ali, ciscando, sem forças para agir. O senso-comum vem e coloca ainda mais pressão em um sistema instável.

Seu mundo, então, não passa a ser algo afirmativo, seja para as melhores ou para as piores decisões possíveis. Ele passa a ser algo no qual o talvez ocupa o lugar de protagonista e sequer o antagonista você consegue definir. Enquanto isso, o tempo continua a criar seus espaços maiores ou menores, e se menosprezar não resolve nada, da mesma forma como se enaltecer igualmente não traz nenhuma modificação. Estamos aí, com uma dor de dente que insiste em nos incomodar o tempo todo. Embora saibamos que o dentista é a melhor solução, temos medo da dor que virá… O talvez é, assim, o nosso passaporte para o lugar que, temerariamente, ocupamos. Não há qualquer novidade, nenhuma sombra de diferença, qualquer modificação no que já existia. A paralisia é isso, o peso que carregamos e que nos oprime, que nos achata no chão. O talvez é o exagero da mesmice, do mesmo modo que a barbárie é o máximo da incivilidade. HILTON BESNOS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s